terça-feira, 6 de março de 2012

Vida Sutil

   A minha intenção era só passar por uma consulta com um bom terapeuta holístico, capaz de me fazer encontrar o que parecia tão distante de mim mesma. Há algum tempo, ficou cada vez mais evidente minha crença no equilíbrio emocional, mental, espiritual e físico de cada um, como forma de um sistema que conversam entre si. Mas sobre isso, um especialista pode lhes dizer melhor.
   
   Lembro-me do coração saltitante e ansioso. Portas abertas, um sorriso acolhedor que de imediato, disse-se me com prazer: Oi, sou Paula Pires!
   
   Meus olhos fugiram do olhar dela, porque foram de encontro com cristais, com uma energia diferente da que me rodeava minutos antes e de elementos que me encantavam como se eu já tivesse uma proximidade com aquele lugar, há muito, muito tempo.

   A decisão de buscar equilíbrio, uma vida mais saudável, mais consciente, me fez descer aquela ladeira a caminho do consultório sorrindo, monologando sobre tudo o que eu poderia ou não dizer, talvez tentando me convencer de que aquela ansiedade era comum, porque eu estava indo de encontro com algo que naquele momento fazia questão de vivenciar.

   Não quer dizer, que tenhamos que parar algum tipo de tratamento médico, por exemplo. Mas preciso enfatizar o quanto essa dedicação compartilhada com o novo, talvez diferente no início, faça com que sintam mudanças incríveis, como as que senti. Indescritivelmente acolhida, amada, cuidada. 

   Foram duas horas de consulta, entre sorrisos, lágrimas, autoconhecimento, questionamento e uma enorme vontade de seguir a diante. Cabeça erguida e avante!

  Caso tenha interesse ao menos em conhecer melhor sobre o assunto e sobre quem fez com que eu escolhesse andar por uma linha irremediavelmente feliz, como é possível para qualquer um de nós, entre na página www.vidasutil.com.br, ou clique na imagem abaixo. 


Assim como me foi mencionado, vou dizer para vocês!

A consulta pela qual passei, é composta por quatro técnicas - Terapia floral alquímica, Reeducação Alimentar, Astrologia, Fitoterapia. O valor da consulta já inclui o seu mapa astral em CD, a reeducação alimentar caso necessária, prescrição de florais, além da avaliação segundo a medicina chinesa e se necessária a sugestão de ervas para serem feitas sopas.
Além disso, existem outros tratamentos. Sugiro que entre no site e conheçam melhor o trabalho da terapeuta.

Ah, e caso marque uma primeira consulta, prepare-se para se surpreender.

Aliás, aproveitando o espaço, Paula Pires, tão querida, tão acolhedora, com energias tão positivas... MINHA terapeuta, soando com boca cheia de orgulho: meu amor e minha gratidão. Nos vemos em breve!

DICA DE HOJE!

A minha dica é para se olhar, sem desculpas de que o o dia é curto demais, e buscar o que há de melhor e menos superficial em você. Se olhe, insista, se encontre. Vale a pena a dedicação.

6 comentários:

Carla Rosso disse...

Nossa que delícia! Fiquei até mais calminha agora!!! Vou entrar no site. No site tem o valor da consulta?

disse...

Sou super fã dessas técnicas alternativas. Já fiz uso dos florais. Achei pouca concentração de fórmulas naturais, pra minha aceleração mental! hahaha

Acredito também que todos os 'setores' (se podemos dizer assim) estão interligados. O tal do ser biopsicossocial! Eu acho que quando se desconsidera um lado, todos os outros se tornam inexistentes.
O espiritual pra mim, sempre foi uma questão essencial. Importante. Eu sempre senti umvazio e o motivo era esse.. rs

Hoje o ser humano está em busca de um entendimento maior... fico feliz quando ouço (leio?) alguém dizendo que está aí, na luta pra equilibrar os pratos da vida.

Vivemos num mundo tão louco, né?!

Nossa, falei um ttão.. rs

Adorei seu canto.

Mega beijo ;*

Dama de Cinzas disse...

Bem interessante! Acho que estou precisando de algo assim.

Beijocas

Rosiane Braga disse...

Adorei a dica, kkk
Talvez eu também precise de buscar o equilíbrio,, obrigada pela visita.
Abraço amigo, bjim

Rosiane Braga disse...

Adorei a dica, kkk
Talvez eu também precise de buscar o equilíbrio,, obrigada pela visita.
Abraço amigo, bjim

Sandra disse...

Oi Thais. Obrigada pela visita lá no meu blog :-). Eu sempre ouço falar destas terapias alternativas e acredito que elas podem ajudar sim, como você citou, não é o caso de abandonar o tratamento médico convencional, mas sim associá-lo a novas terapias. Sou a favor de tudo que faça com que as pessoas se sintam melhores e que proporcionem qualidade de vida. Lindo o seu relato! Um abraço!!