quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Manuscrito

Apesar de toda modernidade e da tecnologia que temos facilmente disponíveis, confesso que ainda faço bom uso do papel e da caneta, guardo bilhetinhos, adoro uma carta e cartões escritos com tinta da velha caneta azul. 
Folheando minuciosamente a parte de curiosidades, ainda na revista Gloss - porque eu também prefiro folhear do que ler online, soube de um projeto chamado Ecriture Infinie e Adorei!
Preocupados com a extinção da escrita à mão, os criadores do projeto, que existe desde 2006, coletam textos manuscritos em livros gigantes.
Depois de preenchidos, os livros são escondidos cada um em um lugar secreto, para no futuro serem descobertos por nossos descendentes. 
Cada um, tem a chance de deixar uma mensagem como "se fosse a última oportunidade de escrever algo a mão".
Está em produção o oitavo e último livro da série e se tiver curiosidade de saber mais ou até como participar, entre no site!

www.ecritureinfinie.org


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

sábado, 19 de novembro de 2011

Caminhos


Claro que eu não perderia a piadinha da imagem... :)

Mas a verdade é que cada um escolhe os caminhos que desejar e os mais fáceis, na maioria das vezes, não são os melhores. Chegar muito rápido nos impede de aproveitar melhor a viagem, ainda que ela pareça um tanto cansativa. 
Pegue a mochila e aprecie melhor o trajeto: conhecimento, amadurecimento, progresso.
Observe cada passo e reflita sobre aqueles que o medo te convenceu de não dar.
Se cair, fazer o quê? Levante. Se doer, chore. Permita-se sentir qualquer dor, por mais banal que possa parecer aos olhos do outro, mas com dignidade. Se estivermos conscientes de que vai passar, então é melhor economizar um pouco de energia e depositá-la no que realmente vale a pena.
Tenho entendido que o bom mesmo é murmurar menos e aprender uma lição a cada interrogação, vírgula ou exclamação. Compreender um olhar, o sorriso a meio lado, as mãos desassossegadas. Questionar menos e aceitar que nem sempre teremos respostas, que algumas vezes elas são desnecessárias e então, para que ficar tentando inventar uma?!
Se soubesse fazer o correto, não teria errado. A gente tropeça é para levantar!
Desconfio de gente feliz 24h por dia. A dor de um fracasso dá a oportunidade de identificar lados desconhecidos em nós mesmos, e nos permite sentir até aquele golpe de felicidade que em algum momento, a gente nunca imaginou que existisse... 

"E você ainda me pergunta:
aonde é que eu quero chegar,
se há tantos caminhos na vida
e pouquíssima esperança no ar!
E até a gaivota que voa
já tem seu caminho no ar!"
Raul Seixas

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Tô grávida (o)!

Calma! Eu não! Mas, que cara você fez?!
Amo ficar sabendo que alguém está grávida (o)! Em alguns casos eu levo um sustinho, em outros, faço cara de samambaia, afinal de contas, existem situações bem previsíveis...
Pois bem, lendo a revista Gloss, soube que o fotógrafo inglês Robinson vai ser pai e resolveu registrar a reação das pessoas depois de ouvirem a novidade.

www.tomrobinsonphotography.com
Vale muito à pena conferir essa sessão de fotos no site (www.tomrobinsonphotpgraphy.com).  Basta entrar no ícone “I’m going to be a dad” - à esquerda.
Além dos flagras suspresos - ou não - com a boa nova, estão disponíveis no site do fotógrafo outros trabalhos incríveis. Mesmo. 
Confiram!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Doe um livro

Teve início ontem, a campanha de 2012 para arrecadar livros para escolas públicas e bibliotecas de todo país.
Nunca é compartilhar apenas um livro - são conhecimentos, viagens, sonhos, possibilidades, oportunidades e incentivo!
Livro para juntar poeira na estante não prospera! Então, quem puder, que faça sua parte! ;)

Para quem tem twitter, a divulgação está sendo pelo 

http://doeumlivrononatal.blogspot.com

terça-feira, 8 de novembro de 2011