sexta-feira, 30 de março de 2012

Mundo Verde

Designers criam vasos de flores em forma de bonecas

Redação PEGN



     Desenvolvidos pelos designers Van Eijk e Van Der Lubbe, o Bloom My Buddy é um tipo de vaso que se parece com uma boneca (ou boneco). 

    O produto é feito de poliuretano e possui dois reservatórios separados, que comportam plantas diferentes. 

     Com o vaso, é possível criar diferentes tipos de arranjos e utilizar a criatividade na decoração da casa.  Cada item custa 95 euros (R$ 231) e pode ser encomendado no site da Usuals.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Conheçam Choi Sung-Bong!

Tira o fôlego. Depois inspira.
Aproveite para reavaliar a vida e principalmente, dar aquele passo para que mudanças aconteçam.

Choi Sung-Bong é um jovem de 22 anos, que tem uma história de vida tão inacreditável quanto sua performance no palco do famoso show de talentos coreano. 

terça-feira, 13 de março de 2012

Leitura Simples

Aprenda a lidar com a sensação de vazio
Especialistas explicam como superar a carência sem exagerar nas expectativas
Conteúdo do site VIDA SIMPLES

Vazio primordial alimenta procura do homem por sua própria verdade
Foto: Vida Simples

   A quase indefinível sensação de necessidade e carência foi descrita pela filosofia, pela psicologia, pela literatura. "Na mitologia grega, a mãe de Eros, o desejo, é a Penúria, a falta. Sabiamente, os gregos colocavam a carência como a origem de tudo que desejamos na vida. Para eles, esse gosto de escassez, de insuficiência, de insatisfação é a grande faísca que dá partida às nossas ações, planos e sonhos", diz a professora de mitologia Helenice Hartmann.

   Saber disso gera alívio. Muita gente não consegue identificar esse aperto no peito que nos angustia, e mal percebe que ele está ali presente, ou que sequer existe. Ao dar um nome para esse sentimento difuso, mas insistente, a vida pode se reorganizar de uma maneira diferente.
   Podemos reconhecer o que nos incomoda e, mais que isso, observar como essa falta primordial é capaz de conduzir, nem sempre de uma maneira mais sábia, a maioria dos nossos movimentos existenciais.
   Com base nessa nova consciência, é possível, então, uma regulação mais equilibrada de nossos desejos: já sabemos o que os origina, e assim podemos administrá-los melhor. Se admitimos que essa falta jamais será preenchida com as ilusões do universo material, ou mesmo emocional, vamos abrandar a fome com que nos atiramos às pessoas e às coisas.
   Dessa maneira, é possível nos contentarmos mais com a vida, e até nos alegrarmos e nos sentirmos gratos com o que já temos, pois atendemos a essa necessidade de outra forma. "Não se trata de suprimir o desejo, mas de transformá-lo: de desejar um pouco menos aquilo que nos falta e um pouco mais aquilo que temos; de desejar um pouco menos o que não depende de nós e um pouco mais aquilo que de fato depende", sugere o filósofo francês contemporâneo André Comte-Sponville. Sem dúvida, isso já é um ótimo começo.
   O psicanalista francês Jacques Lacan se aprofundou no tema no século 20. Ele afirmava que esse vazio primordial alimenta a procura do homem por sua própria verdade. Portanto, para Lacan, a falta não é, em si, negativa ou indesejável, mas o poderoso estopim de uma busca interna que pode se tornar reveladora.
  A lógica é simples: se espero conseguir algo, é porque me falta alguma coisa, certo? Portanto, a esperança primordial, aquela que alicerça todas as outras esperanças que habitam nosso coração, é nossa vontade de conseguir preencher esse vazio que nos consome. Por isso mesmo, os estoicos desconfiavam muito dela. "Esperar um pouco menos, amar um pouco mais", propunha essa antiga corrente de filosofia da Grécia. Em outras palavras, mais ação e menos expectativas.
   Porque ao colocar o desejo de satisfação no futuro, nos deslocamos do presente e aumentamos nossa angústia. Para evitar isso, os estoicos adotavam uma medida prática: satisfaziam-se com o que tinham. Para eles, desejar mais do que o momento proporciona era garantia de infelicidade.
   E há outro bom motivo para não se depender da esperança da satisfação de um desejo: assim que o realizamos, outro buraco se forma, outra falta, que exigirá o seu preenchimento. "Assim que um objetivo é alcançado, temos quase sempre a experiência dolorosa da indiferença, ou mesmo da decepção", continua o educador e pensador francês Luc Ferry.
   Viver entre a esperança de ter, ou ser, e o medo de não ter, ou de não ser, pode se tornar outra forma de tortura. "O medo é a face complementar da esperança. Temos esperança porque, no fundo, temos medo de não ter nosso desejo satisfeito. Esperamos que ele se realize, mas temos medo de que ele não se realize", diz indo direto ao ponto a monja budista americana Pema Chödron.
   Em resumo, para não sofrer tanto com as expectativas, é necessário aceitar a vida como ela é, e reconciliar-e consigo mesmo. "É possível fazer planos, é claro, mas não depender disso para ser feliz. A felicidade está dentro de nós, e não fora, no outro, no futuro ou em outras circunstâncias", diz Pema. Ao constatar isso, já fica mais fácil nos livrarmos de outra forma de sofrimento ocasionado pela falta: a inveja.

segunda-feira, 12 de março de 2012

News Nars!

      Meninas, a Nars está a caminho do Brasil!

     Os burburinhos é de que em meados de maio, já que ainda não existe data confirmada, a primeira loja física da Sephora chega no Brasil. Sim! Estamos ansiosas com a chegada da loja e acreditem, dentre as grifes que todas nós desejamos e que estreiam junto com a perfumaria, lá vem ela, a NARS.


     Segundo informações da Revista Estilo, os produtos serão vendidos exclusivamente pela Sephora, que será aberta no Shopping JK - que está para ser inaugurado em São Paulo. 

       Já no primeiro momento desembarcarão todos os principais best sellers da marca! A única que ainda não está incluída nesta primeira leva, é a linha para pele NarsSkin, que deverá ser importada um pouco mais pra frente.  Aguardemos, ansiosamente... :)



sexta-feira, 9 de março de 2012

Walt Disney Inspirações

Pôsteres de blockbusters ganham versão Disney

Imagens foram desenhadas com traços usados em histórias infantis

online em PEGN

   A Old Red Jalopy, empresa britânica especializada em desenhar pôsteres exclusivos, fez uma série inspirada em Walt Disney. Traços das histórias infantis foram usados para criar uma releitura das imagens de filmes de sucesso.



   O resultado transformou Daniel Craig, o atual 007, em um príncipe encantado armado. Bella, da saga Crepúsculo, ficou mais parecida com sua xará de “A Bela e a Fera”. Até o cartaz de “Se Beber, Não Case” ganhou uma versão mais inocente.

Adorei!!!Aliás, sou suspeita sobre tudo que tem relação com o mundo mágico de Walt Disney. :) 

quinta-feira, 8 de março de 2012

Feliz todos os dias!

Porque para encontrar-se consigo mesma, nunca será tarde demais.
Assuma quem é, mude se julgar necessário, e aproveite cada tempo para aprender a ser melhor!
Mas só pra agora é muito pouco... Prepare-se para enxergar o que te faz feliz, todos os dias.
Personare 
Independente de que dia seja, sorria e faça uma boa escolha. Coragem! Domina esse castelo porque ele é seu! ;)
Com carinho, para todas as mulheres que se permitiram e/ou permitem compartilhar de suas vidas comigo. Princesa ou plebeia, com foco ou sem, mas sempre em todos os ângulos, aprendendo que ao invés de dividir, é possível a cada dia somar.

terça-feira, 6 de março de 2012

Vida Sutil

   A minha intenção era só passar por uma consulta com um bom terapeuta holístico, capaz de me fazer encontrar o que parecia tão distante de mim mesma. Há algum tempo, ficou cada vez mais evidente minha crença no equilíbrio emocional, mental, espiritual e físico de cada um, como forma de um sistema que conversam entre si. Mas sobre isso, um especialista pode lhes dizer melhor.
   
   Lembro-me do coração saltitante e ansioso. Portas abertas, um sorriso acolhedor que de imediato, disse-se me com prazer: Oi, sou Paula Pires!
   
   Meus olhos fugiram do olhar dela, porque foram de encontro com cristais, com uma energia diferente da que me rodeava minutos antes e de elementos que me encantavam como se eu já tivesse uma proximidade com aquele lugar, há muito, muito tempo.

   A decisão de buscar equilíbrio, uma vida mais saudável, mais consciente, me fez descer aquela ladeira a caminho do consultório sorrindo, monologando sobre tudo o que eu poderia ou não dizer, talvez tentando me convencer de que aquela ansiedade era comum, porque eu estava indo de encontro com algo que naquele momento fazia questão de vivenciar.

   Não quer dizer, que tenhamos que parar algum tipo de tratamento médico, por exemplo. Mas preciso enfatizar o quanto essa dedicação compartilhada com o novo, talvez diferente no início, faça com que sintam mudanças incríveis, como as que senti. Indescritivelmente acolhida, amada, cuidada. 

   Foram duas horas de consulta, entre sorrisos, lágrimas, autoconhecimento, questionamento e uma enorme vontade de seguir a diante. Cabeça erguida e avante!

  Caso tenha interesse ao menos em conhecer melhor sobre o assunto e sobre quem fez com que eu escolhesse andar por uma linha irremediavelmente feliz, como é possível para qualquer um de nós, entre na página www.vidasutil.com.br, ou clique na imagem abaixo. 


Assim como me foi mencionado, vou dizer para vocês!

A consulta pela qual passei, é composta por quatro técnicas - Terapia floral alquímica, Reeducação Alimentar, Astrologia, Fitoterapia. O valor da consulta já inclui o seu mapa astral em CD, a reeducação alimentar caso necessária, prescrição de florais, além da avaliação segundo a medicina chinesa e se necessária a sugestão de ervas para serem feitas sopas.
Além disso, existem outros tratamentos. Sugiro que entre no site e conheçam melhor o trabalho da terapeuta.

Ah, e caso marque uma primeira consulta, prepare-se para se surpreender.

Aliás, aproveitando o espaço, Paula Pires, tão querida, tão acolhedora, com energias tão positivas... MINHA terapeuta, soando com boca cheia de orgulho: meu amor e minha gratidão. Nos vemos em breve!

DICA DE HOJE!

A minha dica é para se olhar, sem desculpas de que o o dia é curto demais, e buscar o que há de melhor e menos superficial em você. Se olhe, insista, se encontre. Vale a pena a dedicação.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Esqueça o filtro solar...

...e acredite no conhecimento.

Nem tudo que é bom pra mim, é para você. Você já ouviu alguém dizer nos dias de hoje, que fulano morreu porque misturou leite com manga?
O tempo passa.
A vida também...
Nem tudo que a mídia diz é martelo batido. 
Cada caso, pode ser um caso a parte.
Você é único. Merece tratamento VIP...
É preciso acreditar no novo: em novas técnicas, na evolução, é preciso acreditar no conhecimento, no autoconhecimento.

Posso até não concordar com meia dúzia de palavras, mas acredito na busca do bem estar e equilíbrio, de uma vida mais saudável e feliz. E por achar interessante, compartilho esse vídeo com você.

Produção - 3filmgroup.tv
Realização - SUPERINTERESSANTE

Falando em Barbie...

Gente, ela cresceu mesmo!
Então um adendo: a Barbie pode beber. Socialmente, pra ser fina e elegante, por favor. :)
Ah, e claro, ela inclusive comemorou os 50, tá?!



Um comentário fútil e maldoso, a la madame satã: Eu acho que a tal da Brunete Fraccaroli, do programa "Mulheres Ricas", exibido na Band, teria itens como esses na festa dela, né?! Desculpem, mas não resisti e associei, sem querer, querendo.


                     

Ela jura que é a Barbie. Ok, deixa ela ser feliz, né?! Mas vale lembrar que a Barbie é mais nova (ainda que nessa imagem não aparente), e nesta foto, a original não teve oportunidade de pintar o cabelo e menos ainda passar por cirurgias plásticas. :)