quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Falando em casamento...

   Adoro quando recebo notícia de casamento.

   Gosto quando casar é união, do discernimento de que cada um, continua sendo um  junto do outro. Da voz que não mais soa sozinha, que tem uma segunda opinião. De quem sabe que namorar não é a mesma coisa que viver sob o mesmo teto, sobre compartilhar contas e desamores da vida.

   Aprecio a naturalidade do sonho simples de dividir com o mundo sobre o amor disposto a enfrentar as dificuldades. Sobre a vontade de persistir, investir e se dedicar a uma nova vida, quando para tantos o passo para mudanças parece algo tão corriqueiro, do tipo: Se não der certo, descasa!

   Vejo com entusiasmo olhos brilhantes e corações saltitando a espera do sorriso do outro. Da vontade de fazer um macarrão meio grudento e brindar o jantar com coca-cola. De intitular a noite como a mais marcante, porque um fez a massa, enquanto o outro mexia o molho.

   Adoro perceber aquela vontade de construir lares e não casas. Gosto de notar o desejo de se dedicar ao amanhã diferente, a disposição pelo que ainda não sabe bem o que é, mas que quer que seja uma foto colorida que conta para os filhos o momento que aquele pedaço de papel conseguiu captar.

   Olhos marejados, renunciando algumas coisas e expondo para os quatros cantos da hora marcada, que existe ali um amor bonito. Aquele que espreita a gente do alto dos prédios, que parecem muito antigos e que ninguém mais olha. Por que o amor está certo do passo que está dando, mesmo que seja largo, com um  sossego de outro par de pés junto dos seus. 

   Aquele amor que não desiste, e não quer voltar para casa da mãe na primeira briga, pronto para ser adulto o bastante para assumirem um diante do outro, o mesmo que assumiu perante seus convidados. É saber que o jeito a gente encontra quando quer e que o que enfraquece a vida é a falta de vontade de fazer dar certo. 

   Amor que não amarela as folhas antigas, que compreende alguns silêncios, que sabe sobre as palavras secretas, das lágrimas disfarçadas, do tom de voz em cada frase pronunciada.

   Isso tudo não implica em saber de tudo, em ter o código de barra do outro e ter certezas absolutas sobre o que vai acontecer dali em diante. Mas que estão juntos e sem disfarces, desejando e assinando um termo que os impede de desistir, de se cansar, se entristecer, desesperar ou envelhecer. Que reinventa os dias mesmo com a pia cheia de louças para lavar, que transforma as estrelas de todas as noites e jura que cada momento é tão bonito que não será permitido acabar, até que não tenham nada mais a dizer. 

   Desses que não dá vontade de acordar, que olha o lado cheio do copo, que te faz evoluir todos os dias, desses que gente pede incessantemente que não acabe mais...

   Um mundo de sonhos e a boa e velha dose de realidade compartilhada para a mais nova futura esposa, Flá! 

10 comentários:

Flávia disse...

Que lindo amiga, vc tem o dom com as palavras, meus olhinhos se encheram de emoção, muito verdadeiro td isso que vc escreveu e um enorme desejo que td de certo! Te amoooo, grande beijo Flá
Aiii q honra s2

Flávia disse...

Que lindo amiga, vc tem o dom com as palavras, meus olhinhos se encheram de emoção, muito verdadeiro td isso que vc escreveu e um enorme desejo que td de certo! Te amoooo, grande beijo Flá
Aiii q honra s2

Mari Lagares disse...

Amiga, sou sua fã por tudo. Pq é minha amiga, minha irmã, minha conselheira ...
Orgulho de vc!
Me emocionei com o seu texto! E vc descreveu muito bem o que é o verdadeiro amor entre os casados!
Continue postando! Irei ler tudinho!

Bjus e te love!

Alê disse...

Dias atrás recebi notícia de casamento de uma amiga muito querida e que não via a tempos,
Mas por anos acompanhei a busca dela por um amor sincero, e querido. Ouvi lamentos, consolei lágrimas, e dores,
Nos afastamos,
Pouco acompanhei essa história,

Mas quando soube, senti uma paz imensa, porque sei que a hora dela compartilhar a vida, junto aos seus altos e baixos, chegou, e chegou com verdade,


E é impossível não se alegrar, quando a gente vê a pessoa amiga em paz,



Um beijoooooo

Kinha disse...

Ameiiiiii!!!

Dama de Cinzas disse...

Acho que não quero mais brincar de casar... rs. Já me bastou dois casamentos, agora um namoro cada um na sua casa cairia muito bem.

Obrigada pela visita!

Beijocas

Celamar Maione disse...

Hummm texto bem romântico. :)
Beijos

Lara Mello disse...

Nossa, muito lindo, inspirador! Casamento é difícil, mas com amor tudo dá certo ^^

Madame disse...

Oeee

Adorei o coments,site de esmalte e teste de produtos ta saturado,fala serio?

To te seguindo!

Besos

Natália disse...

Lindo, lindo, lindo!!! Essa minha amiga tem talento! Te amo!