domingo, 27 de abril de 2008

Me diz!

Vamos lá! Me diz!
Me diz que essa falta, que esse vazio, tem lógica, faz sentido
Venha aqui e me diga que nem tudo está errado, que nem tudo está perdido
Diz pra mim se já é tarde e me faz acreditar que uma hora vai ter fim
Me faz ver que o vazio é só um escuro, que não existe razão, diz pra mim!
Vem pra me dizer que esse silêncio pode atormentar mas que vai me proteger
Me diz que essa distância não basta e que definitivamente quer me ver
Diz que internet confunde a gente e não diz nada do que a gente quer dizer
Diz logo que também sente falta, que detesta distância e os meus braços vão além
Não minta que a vontade é menor que o tempo, nem p'ras minhas palavras diga amém
Só me diz com um brilho no olhar... Vai, e diz sem medo de errar
E se minha voz sair branda e não puder entender, me abrace e não pergunte porque
Me diga sóbrio, sem vaidade, me faz calar
Diz pra eu dormir tranquila, que logo você vai chegar
Que espera ansioso pra me ver, pra ver o dia clarear
Diga que não vê a hora do beijo, que quer me beijar.




Um comentário:

AlmA FeLina disse...

Diz

Vamos lá!

Faz calar!!

Oras!!!

!!!!



te amo nega fulô de pixe,
flor de azevixe